Livro: Coraline

qrcode
Em uma semana, tive uma ideia. E essa, foi ler Coraline. O tédio era imenso, e coisas acontecia e tudo mais que neste blog tanto faz ( WHATEVER bem grande). Para sair do tédio e do mais do mesmo, resolvi pega algo diferente. Pensei, vamos ver até quanto tempo irei demorar para ler este livro, parei com outros que já estava lendo. E me concentrei neste, então Vamos lá.

Bom, vamos falar de Coraline, estou aqui para isso.
Vejamos, já ouviram falar das Crônicas de Nárnia? Onde 4 irmãos descobrem um mundo dentro de um guarda roupa? Já deve ter visto o filme ou lido alguns dos livros. E conhecem Alice no País das Maravilhas? Onde Alice percebe um coelho e acaba encontrando um mundo maravilhoso. Já deve ter lido ou visto algum desenho animado, ao ver de muitas pessoas é considerado um clássico. Então, estes ingredientes formam um pouco o que é Coraline. O livro conta a história de nada mais nada menos que Caroline Jones…
– Não é Caroline. É Coraline.
Coraline é uma menina jovem bastante carismática, que decorrer da história ela começa a desenvolver novas qualidades. É bacana que toda criança é curiosa, gosta de saber, olhar e descobrir as coisas, Coraline era assim, sempre explorando diversos lugares, todos os dias até se cansar. Isso deve aos pais dela serem muito ocupados com seus trabalhos, então se torna um personagem bastante independente. Seus país são bastante bondosos e querem o melhor para ela, mas são ausentes e estão sempre ocupados. No apartamento tinha inquilinos bacanas, como as senhoritas Spink e Forcible que eram atrizes e sempre estavam contanto histórias de gloriosas apresentações, são bastante simpática e atenciosa com Coraline, sempre oferecendo chá a ela e conversas agradáveis.


Então, Coraline, é uma menina jovem bastante determinada a exploração. Gosta de explorar todos os lugares possíveis, encontra coisas novas e interessantes. Ela acaba de se mudar para um velho apartamento onde uma parte dele pertencia aos parentes de sua família. No apartamento conhecera as senhoritas Spink e Forcible, duas atrizes famosas em suas épocas de glória e um velho maluco no andar de cima que treina ratos para o circo de ratos. E assim, depois da mudança, Coraline começou a fazer o que mais gosta: Explorar. Explorando todos os locais: bosque, jardim, floresta, tudo que for possível. Gostava muito disso, explorava todos os dias, até que o dia em que chove e Coraline teve que ficar dentro de Casa. Indignada e entediada, recorreu aos pais mais Sr. e Sra. Jones, mas não obteve sorte, pois estão muito ocupados com seus trabalhos (ambos, trabalham em casa). Então seu pai sugeriu que explorasse o apartamento. Dai naquele dia chuvoso, começa a exploração no apartamento. Explorando diversos lugares do cômodo, ela se deparou com uma porta grande e escura no canto afastado da sala de visita. No apartamento eram 14 portas, 13 abriam e menos a porta negra. Então sua mãe pegou a chave negra e gelada da porta negra para mostra a Coraline que não a nada do outro lado da porta. E então a porta se abriu mostrando uma parede de tijolos. Coraline, no outro dia estava sozinha em casa, sua mãe tinha saido para compra o almoço e então aproveitou a ocasião para explora novamente a porta negra da sala de visitas. Quando ela abriu a porta, a parede de tijolos não estava mais lá, agora era uma sala escura, fria e tenebrosa. Do outro lado, ficara um apartamento igual à onde ela mora, com os mesmo tapete, papel de parede e quadros. Confusa, seguiu adiante e uma voz semelhante a de sua mãe vem da cozinha e Coraline se depara com uma figura que lembrara a mesma, mas possuindo suas diferenças. O que mais chamou atenção foi os olhos inexpressivos de botões negros. E assim Coraline resolve explorar este “outro apartamento” onde existe comida deliciosas, brinquedos com vida própria e descobrir que possui uma “outra mãe” e um “outro pai”. Neste outro lado, Coraline poderá ter tudo que quiser, mas existe um porém para esta ocasião. Ela deve se torna diferente e isso pode ser irreversível. Nesta exploração, ela ira descobrir verdades e coisas totalmente perturbadoras sobre o outro lado da porta grande e escura.

Pronto, já falei demais. Quem quiser saber o que ira acontecer com Coraline, procure uma livraria e compre, vale cada centavo investido.

Anúncios

0 Responses to “Livro: Coraline”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Páginas

Categorias

Time is now…

outubro 2009
S T Q Q S S D
« set   mar »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Twitter Asobi

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Escutando pelo caminho…

Álbums mais escutados ________________________________ Transmissor - Sociedade do Crivo Mútuo Banda Gentileza - Banda Gentileza Regina Spektor - Far Nana Mizuki - Ultimate Diamond Emilie Simon - The Big Machine Amiina - Kurr Chrono Symphonic

%d blogueiros gostam disto: